Passeio Instituto Brennand

Aproximadamente 1.500 peças do artista pernambucano Francisco Brennand ficam em exposição permanente em meio a uma reserva de Mata Atlântica, no bairro da Várzea. As peças mostram a diversidade da expressão do ceramista. Em outro local próximo, dois castelos em estilo medieval onde o primeiro abriga uma das maiores coleções dos quadros do holandês Frans Post (séc 17) do mundo, como também livros antigos do tempo colonial, armaria, tapeçaria, artes decorativas, escultura e mobiliário. Ao lado tem o outro castelo onde o instituto possui o Museu de Armas Brancas.



ITINERÁRIO:
O Tour proporciona duas visitas distintas, ambas apaixonantes. O ateliê do artista plástico Francisco Brennand, escultor de renome internacional, que se dá ao luxo de manter em exposição permanente, fora de venda, cerca de duas mil esculturas. Abrigadas por belíssima arquitetura em tijolo aparente, as obras são apresentadas com extremo bom gosto. Nas Oficinas Brennand, até o restaurante é sofisticado, vale degustar.
A segunda maravilha fica próxima, é o Instituto Brennand. Dois castelos medievais, em meio a lagos, alamedas e gramados, com propostas diferentes. Em um deles ficam os quadros antigos, com temas nacionais, obras raríssimas, além do maior acervo de telas de Franz Post, pintor holandês trazido pelo príncipe Maurício de Nassau (1610). No segundo, um raríssimo Museu de Armas Brancas, recheado de armaduras, vestimentas medievais de combate, tudo deslumbrante!